Monday, July 14, 2014

ANGOLA | Rumo a descentralização da economia a partir do Uíge

NOTÍCIA DO DIA | Nesta tarde de verão/Itália vs cacimbo/Angola, só esta notícia para alegrar-me. "UÍGE 2014 - Grandes avanços na criação de peixe". Vitória de Barros, Ministra das Pescas, constatou no terreno que perto de um milhão de exemplares estão a reproduzir-se em mais de 80 tanques de aquicultura.

--> Tive conhecimento deste empreendimento a partir do Luis Fernando, jornalista e escritor de "renome" na nossa praça cultural e jornalistica. Se mais jornalistas seguirem as suas trilhas, poderemos assistir em tempo real o (re)nascimento de Angola doze anos após a assinatura dos acordos de paz.

Desta notícia podemos recavar duas lições:
1) As províncias constituem o verdadeiro terreno de luta no processo de diversificação da economia angolana. O desenvolvimento do país passa indiscutivelmente pelas descentralizações, desta feita da economia. Todos somos chamados a contribuir no pequeno ângulo onde nos encontramos. Promover as potencialidades de cada Província é já um passo significativo.

2) O verdadeiro "Investimento Privado" carregado de esperanças e criatividade é um factor determinante para o sucesso da descentralização acima citada. Urge, portanto, um incremento da sinergia entre o "Estado e os Cidadãos" em prol dos objectivos de Governação do partido no poder, nos quais a descentralização da economia constitui um dos objectivos por atingir entre 2017.

Francisco Pacavira Bernardo | #Angola #Luanda #MPLA #Italia #PCI #FRELIMO,#PAIGC, #Angola2017

Cfr: Uíge -Jornal de Angola

Post a Comment
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular Posts