Tuesday, December 23, 2014

‪#‎KIZOMBAFAMILY‬ | "GINGA CONVENTION 2015" – Kizomba Romana Family

ginga convention 2015 - kizomba romana family
--> Momento di Relax in ambiente "Afro/Latino" di Orgullo Latino Events
--> MM Formazione/Riflessione/Programmazione.
--> Momento di Puro Divertimento.
Info24 Urgente: Millemani Kizomba | Barbara Barros

‪#‎KIZOMBAFAMILY‬ | "GINGA CONVENTION 2015" – Kizomba Romana Family
www.fb.com/groups/kizomba.romana
www.fb.com/kizomba.romana

Monday, December 1, 2014

“CAMPANIA AFROLATIN CONGRESS” – 5/8 Dicembre 2014

CAMPANIA AFROLATIN CONGRESS - Kizomba Semba Kuduro

√ NEXTSTOP * "CAMPANIA AFROLATIN CONGRESS"
Evento da vivere assolutamente. Siete ancora in tempo.
CI SIAMO | 100% ‪#‎KIZOMBA‬ ‪#‎SEMBA‬ ‪#‎KUDURO‬ ‪#‎TARRAXA‬
√ INFO * 340.7881912 320.5320188
√ CHAT24 * www.fb.com/groups/kizomba.romana
√ PAGE * www.facebook.com/kizomba.romana

Tuesday, September 30, 2014

Roma Kizomba Festival 17-19 October 2014 – Festa do Semba

Roma Kizomba Festival - Festa do Semba


https://romakizombafestival.blogspot.com

David Pacavira - Barbara Barros - Roma Kizomba Festival 2014.jpg

ROMA KIZOMBA FESTIVAL aka ★Festa do Semba★, 17-19 October 2014. 45 Workshops, 3 big parties, 42 artist from 14 countries, 1Flash Mob, 1Tour of Rome. Share it pls!
↑↓ -19 Days to ‪#‎romakizombafestival‬
EVENT | www.facebook.com/events/695963707095044/
WEB | www.romakizombafestival.com/pass-it
FB PAGE | www.fb.com/romakizombafestival

#kizomba #angola #luanda #uk #london #kizombaitalia #kizombaromana#kizombaroma #angola2017 #luanda2014 #europanights #bigevents

Thursday, August 21, 2014

USA 2014 | SE NO PAÍS GOVERNADO POR UM "NEGRO" SER "NEGRO" CONTINUA SENDO UM QUASE "CRIME"

STOP KILLING US - MICHAEL BROWN 2014 - Angola XyamiSTOP KILLING US - MICHAEL BROWN 2014 - Angola XyamiSTOP KILLING US - MICHAEL BROWN 2014 - Angola Xyami

Nos Estados Unidos da América, a terra dos sonhos e das liberdades, abater um "negro" nunca foi tão fácil e justificável. Nos últimos dias, carregados de raiva e dores e sentimento de impotência, vimos, assistimos e ouvimos o pior acerca do tratamento especial que polícia norte americana reserva aos afro-americanos.

As 16 horas, do dia 9 de Agosto de 2014, Michael Brown 18 anos de idade, foi abatido com sete tiros a queima roupa. Qual foi o motivo? Segundo a polícia, Brown tivera apenas roubado uma caixa de cigarros e se mostrava com atitudes violentas. Por uma caixa de cigarros podes ser "assassinado" pela forças de ordem do "maior exportador de democracias e valores cívicos ocidentais". Brown foi abatido no pior dos modos, a polícia não quis revelar o nome do autor nem as razões últimas de tal gesto. Quem tentou manifestar-se foi reprimido com todos os meios. O que dizer? Digo tão somente que "alguém" está perdendo o controlo do mundo e das próprias "ovelhas".

As 14 horas, do dia 20 Agosto de 2014, a polícia de S. Louis abateu o segundo rapaz "negro" por ter alegadamente "roubado" uma sandwich e um refrigerante. O segundo rapaz afro-americano, de 23 anos de idade, foi "assassinado" com sete tiros a queima-roupa. A justificação é sempre a mesma: furto, resistência a público oficial e tentativo de violência. Em outras palavras: negro é sempre pobre, violento e pode ser abatido sempre que oportuno.

Os dirigentes da polícia justificam a acção dos seus homens afirmando que estes seguem com escrúpulo todas as regras de aplicação. Mas quais regras? Aquelas de atirar para matar a qualquer negro que não obedece. O que dizer?

Além de todas as reflexões que podemos fazer, DIGO tão somente QUE FORA DE ÁFRICA ser negro continua sendo muito difícil. Os negros criam e até vendem cultura, inventam a própria vida e participam seja na política como nas mais diversas organizações sociais, todavia, a integração é sempre condicionada. O negro continua sendo um "personagem" sem futuro certo.

Os USA continuam sendo um país onde os negros não são aceites como cidadãos a 100%. Até quando? Uma parte da culpa é dos próprios negros que não obstantes os espaços conquistados não incidem mais e mais na mudança de mentalidades e aplicação das leis relativas a igualdade entre os americanos.

AP332274524003

--> MAIS CULTURA, MAIS POLÍTICA E MENOS E TWERK.

Sunday, July 20, 2014

A QUALCUNO PIACE FREDDO | Buongiornoooooooooooooo

A QUALCUNO PIACE CALDO | Buongiornoooooooooooooo a ttt e auguri di buona domenica. Quest'oggi una riunione strategica del CC di KR.

Monday, July 14, 2014

ANGOLA | Rumo a descentralização da economia a partir do Uíge

NOTÍCIA DO DIA | Nesta tarde de verão/Itália vs cacimbo/Angola, só esta notícia para alegrar-me. "UÍGE 2014 - Grandes avanços na criação de peixe". Vitória de Barros, Ministra das Pescas, constatou no terreno que perto de um milhão de exemplares estão a reproduzir-se em mais de 80 tanques de aquicultura.

--> Tive conhecimento deste empreendimento a partir do Luis Fernando, jornalista e escritor de "renome" na nossa praça cultural e jornalistica. Se mais jornalistas seguirem as suas trilhas, poderemos assistir em tempo real o (re)nascimento de Angola doze anos após a assinatura dos acordos de paz.

Desta notícia podemos recavar duas lições:
1) As províncias constituem o verdadeiro terreno de luta no processo de diversificação da economia angolana. O desenvolvimento do país passa indiscutivelmente pelas descentralizações, desta feita da economia. Todos somos chamados a contribuir no pequeno ângulo onde nos encontramos. Promover as potencialidades de cada Província é já um passo significativo.

2) O verdadeiro "Investimento Privado" carregado de esperanças e criatividade é um factor determinante para o sucesso da descentralização acima citada. Urge, portanto, um incremento da sinergia entre o "Estado e os Cidadãos" em prol dos objectivos de Governação do partido no poder, nos quais a descentralização da economia constitui um dos objectivos por atingir entre 2017.

Francisco Pacavira Bernardo | #Angola #Luanda #MPLA #Italia #PCI #FRELIMO,#PAIGC, #Angola2017

Cfr: Uíge -Jornal de Angola

Thursday, June 19, 2014

#GUERRA EM #SIRIA 2011/2014| Sobre as exportações da Democracia nos nossos dias

Crônica direita de uma guerra "programada, alimentada e vendida como luta pela democracia". Acompanhar a destruição dos vários países desestabilizados com as "Revoluções Regressivas" ajuda-nos a entender melhor o que se passa em África. Toda atenção é mínima, porque se Angola continuar a crescer com o ritmo que assistimos nos últimos cinco anos, cedo estaremos no olho do ciclone.

A título de exemplo, o #Brasil está subindo um ataque (soft/power) sem precedentes desde o fim da ditadura. Infiltração, mobilização e actuação de planos que, se forem bem sucedidos, as consequências serão desastrosas no breve e longo período, no que tange ao contínuo "progresso social" que temos assistido.

No cenário brasileiro certas #ONG's desempenham um papel de extrema importância. Muitos brasileiros descobriram-se "revolucionários" e nem sabem o porque. Muitas famílias estão torcendo pelo total falimento do #Mundial2014 e das Olimpíadas usando as mesmas argumentações que usam os "revolucionários" treinados para "destabilizar" o Brasil. A situação é cada vez mais delicada, e o pior ainda deve chegar: estejam de olho nas próximas eleições.

Friday, June 6, 2014

DISCURSO DO CAMARADA PRESIDENTE JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS NA ABERTURA DA II SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO COMITÉ CENTRAL

Ilustres membros do Comité Central,
Caros camaradas,

Ao transformar a natureza, para dela retirar o que necessita, o homemtambém se transforma. De igual modo, quando um partido político concebe e realiza os seus planos para a transformação da sociedade, este partido também se deve transformar e crescer com essa sociedade.
Por exemplo, quando no nosso país o Sistema Político de Partido Único foi substituído pelo Sistema Democrático Pluripartidário, o MPLA teve de transferir as suas organizações de base, dos centros de trabalho para os locais de residência, adaptando-se à nova realidade política e social.
Neste processo de mutação, o Partido deve detectar as forças sociais de mudança e compreender a sua importância, carácter e dinâmica. Deve, também, prever as tendências da evolução social, para que possa adaptar-se, conduzir os seus seguidores e o povo e manter a sua liderança.
A sua mensagem deve ser de confiança e esperança. Deve exprimir as aspirações de todos, ou pelo menos da imensa maioria da população. A sua proposta de contrato social ou de projectos concretos deve visar a construção do bem-estar e felicidade para todos.
Se o Partido não acompanhar a evolução social e estagnar, pode perder a confiança do povo e a liderança do processo de mudança.
Neste caso, as forças políticas, depois de perderem o rumo dos acontecimentos, recorrem a promessas irrealistas, impossíveis de concretizar, caindo, assim, no populismo, com a intenção de enganar as massas.
Deste modo, a inserção do Partido na sociedade, como meio para a condução do processo de transformação sócia, é fundamental para a concretização do seu Programa.
Neste processo, devemos distinguir as forças de realização da transformação, que são as massas e os elementos portadores do conhecimento científico e técnico, da inovação e da capacidade de enquadramento, que são os quadros política e tecnicamente mais preparados e motivados.
A selecção destes quadros requer uma inserção adequada do Partido no seio das elites do nosso país, em todos os segmentos da sociedade e em todos os domínios do conhecimento do saber fazer, para que possamos obter a participação e colaboração daqueles que queiram contribuir para a construção de uma Angola democrática, próspera e inclusiva.
Entre nós, esta tarefa não está concluída, ao contrário da inserção do Partido no seio das massas populares, que já é um facto em todo território nacional, faltando, no entanto, tornar mais regular o diálogo entre o topo, os escalões intermédios, as bases do Partido e o povo, faltando, também, comunicar melhor e melhorar o trabalho de educação moral e cívica.
Com efeito, também no seio dos quadros, o Partido deve reforçar a sua inserção. Devemos continuar a prestar uma atenção especial ao trabalho de mobilização dos quadros que estão no país e na diáspora
Caros camaradas,
A discussão deste tema vai, certamente, dominar os debates, que terão lugar no próximo Congresso Extraordinário do Partido.
Mas, peço-vos que não se esqueçam que, em 2012, durante as Eleições Gerais, anunciámos que seria realizada uma grande reforma do Estado, se ganhássemos as eleições.
Realmente, em Fevereiro de 2010 entrou em vigor a nova Constituição da República de Angola e foi iniciado um processo de ajustamento de todas as leis e regulamentos e a elaboração de novos projectos de diplomas legais, entre os quais a Lei sobre as Autarquias.
É necessário continuar este trabalho e, talvez, pensar-se na criação de uma Comissão no Partido que ajude a dar um impulso maior a este processo de Reforma do Estado.
Caros camaradas,
A nossa reunião de hoje não analisará os assuntos referentes à governação do país, porque eles já foram apreciados na reunião que efectuámos há poucos meses atrás.
Vamo-nos debruçar sobre a convocatória e todos os documentos relacionados com a preparação e realização do Congresso Extraordinário, de Dezembro próximo.
Será um Congresso de balanço e reflexão, que não irá proceder à renovação de mandatos dos órgãos de Direcção.
Essa renovação só acontecerá no Congresso Ordinário, previsto para o ano 2016, sob o signo da estabilidade, coesão e afirmação da liderança do MPLA na sociedade.
Termino como comecei: “Transformar a sociedade, transformar o Partido e crescer com ela”, é o que procuramos fazer sempre.
Com votos de bom trabalho, declaro aberta esta reunião do Comité Central.

Saturday, April 12, 2014

"ROMA QUINTAL DO RITMO" | Il raduno mensile Kizombeiro di ROMA/LAZIO.

Roma Quintal do Ritmo
Una domenica al mese ci ritroviamo per ballare, sorridere, conoscere.
- Stages (Maestri di ogni scuola di Kizomba/Semba Roma/Lazio/ITALIA)
- Dimostrazioni (Allievi, Maestri, Artisti Roma/Lazio/Italia/MONDO)
- Spettacoli (Allievi, Maestri, Artisti Roma/Lazio/Italia/MONDO)
- Cena 100% italiana vs 100% internazionale
- Conoscenza delle culture AFRO nel mondo
- Bella Gente | Amici, parenti, colleghi di lavoro, LUOGO DI RITROVO.
- Portate i vostri amici più cari.
--> Più siamo, più ci divertiamo. Si richiede: rispetto delle differenze, voglia di vivere, volontà di provare, ricerca spasmodica di IMPARARE LA KIZOMBA.

www.kizombaromana.com
www.fb.com/kizomba.romana

Tuesday, April 1, 2014

NOTA DE IMPRENSA DO BUREAU POLÍTICO DO MPLA 31 DE MARÇO DE 2014

MPLA PACAVIRA ANGOLA 2017

Realizou-se hoje, sob Direcção do Camarada JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, Presidente do MPLA, a 2ª Reunião Ordinária do Bureau Político, que analisou vários assuntos relativos à governação do País e à vida interna do Partido.

Com vista a acelerar o processo de diversificação da economia nacional, o Bureau Político apreciou um programa executivo sobre esta matéria, tendo o considerado  muito oportuno e necessário com vista ao aumento dos níveis de emprego no país.

O Bureau Político encorajou o Executivo a implementar  o referido programa com rigor e firmeza, de modo a diminuir a dependência da economia nacional do sector petrolífero, tornando-a por isso, menos vulnerável aos choques externos, com o aumento da produção interna, a diminuição das importações e o aumento das exportações.

O Bureau Político considerou que o programa integra as tarefas e os mecanismos a adoptar para o seu  sucesso e recomendou uma atenção especial a formação de quadros para o provimento de funcionários qualificados necessários ao programa, bem como o fortalecimento do empresariado nacional, através do acesso privilegiado destes às cadeias produtivas e outras facilidades financeiras e creditícias.

O Bureau Político apreciou as propostas de Lei da Organização e Funcionamento dos Tribunais da Jurisdição Comum e de alteração a Lei da Nacionalidade, tendo recomendado para o seu enriquecimento e posterior tratamento pelos órgãos do Estado competentes.

No âmbito da reforma do sistema de educação no país, o Bureau Político apreciou um pacote legislativo com vista a melhoria da gestão e da qualidade do subsistema do ensino superior.

O Bureau Político recomendou que o referido pacote legislativo seja amplamente divulgado e discutido no seio da comunidade universitária de modo a equacionar o seu enquadramento com as contribuições dos membros da comunidade.

Sobre a vida interna, o Bureau Político aprovou os documentos,  a serem submetidos a próxima sessão do Comité Central, inerentes a preparação e realização do V Congresso Extraordinário do Partido, a acontecer em Dezembro, com destaque para a Metodologia Geral de Preparação e Realização das Assembleias de Militantes, das Conferências e do Congresso, e  os memorandos sobre as linhas de força para os ajustamentos pontuais aos Estatutos e ao Regulamento Eleitoral do MPLA.

O Bureau Político aprovou as Bases Gerais para a Preparação e Realização do VII Congresso Ordinário da JMPLA.

O Bureau Político do MPLA aprovou a proposta de nomeação do camarada António Daniel Ventura de Azevedo ao cargo de Director do Departamento de Organização e Mobilização do Comité Central.

O Bureau Político saudou os Angolanos, de Cabinda ao Cunene, pela celebração, na sexta-feira (4 de Abril), do dia da Paz e da Reconciliação Nacional, data em que  se assinala o 12º Aniversário dos Acordos que trouxeram a paz definitiva  para o pais e a esperança de uma Angola melhor para todos os seus filhos.

PAZ, TRABALHO E LIBERDADE

MPLA – ANGOLA A CRESCER MAIS E A DISTRIBUIR MELHOR

LUANDA, 31 DE MARÇO DE 2014.

O BUREAU POLÍTICO.

Thursday, February 27, 2014

ANGOLA 2014 | Razões de um Congresso Extraordinário do MPLA neste ano

MPLA TUDO PELO POVO

Luanda – Os Estatutos do MPLA definem que o Congresso é o órgão supremo do Partido, que determina o seu carácter e a orientação ideológica, ao qual incumbe apreciar e definir as linhas gerais da política nacional e internacional que orientam a acção e a actividade das estruturas, dos militantes e das organizações sociais e associadas.

Nos termos do Artigo 67° dos Estatutos, qualquer órgão, organismo ou organização do Partido a nível nacional, ou um terço dos participantes ao último Congresso Ordinário, podem propor, ao Comité Central, ou ao Presidente do Partido, a convocação de um Congresso Extraordinário, indicando, na proposta, as razões, sendo que o CC delibera, depois de consultar os órgãos intermédios do MPLA.

O Congresso constitui, assim, não só um momento sublime de congregação de militantes, representando os demais e as estruturas do Partido de todo o território nacional, para reflexão e deliberação sobre as ingentes questões do Partido e de Angola, mas, também, um momento de reafirmação da unidade, da coesão e da estabilidade interna dos órgãos e dos organismos de direcção e constitui o garante da manutenção dos níveis de realização e de mobilização, em todos os segmentos e esferas da sociedade angolana.

Em Dezembro de 2009, MPLA realizou o seu 6º Congresso Ordinário, que procedeu à revisão do Programa e dos Estatutos do Partido, aprovou a Moção de Estratégia do Líder do Partido, o Camarada José Eduardo dos Santos, para o período de 2009/2014 e elegeu um novo Comité Central.

O Programa e os Estatutos do MPLA e a Moção de Estratégia foram revistos pelo 4º Congresso Extraordinário, realizado a 29 e 30 de Abril de 2011.

A cinco de Fevereiro de 2010, entrou em vigor a Constituição da República de Angola, significando o culminar do período de transição constitucional, que se seguiu à aprovação da Lei Constitucional de 1991.

Nos termos desta Constituição e da lei, foram realizadas, a 31 de Agosto de 2012, as Eleições Gerais, para a escolha do Presidente da República, do vice-presidente da República e dos deputados à Assembleia Nacional, das quais, mais uma vez, o MPLA saiu vitorioso, com expressiva maioria absoluta e o seu candidato, o Camarada José Eduardo dos Santos, eleito Presidente da República.

O Estado angolano encontra-se numa fase de conformação da sua legislação à Constituição, impondo-se, de igual modo, que as organizações se adeqúem às reformas das instituições.
Por outro lado, o Líder do Partido apresentou, em Dezembro de 2009, no 6º Congresso Ordinário, uma Moção de Estratégia, que viria a ser actualizada pelo 4º Congresso Extraordinário, em Abril de 2011, na base da qual foi preparada e levada ao eleitorado, em 2012, o Programa de Governo do MPLA, para o período de 2012/2017 e, mais tarde, foi aprovado o Plano Nacional de Desenvolvimento 2013/2017.

Os referidos instrumentos políticos e de planeamento estão em execução há apenas um ano e meio, pelo que não se mostra politicamente racional e avisado que, em 2014, se realize o Congresso Ordinário, onde o candidato a Líder do Partido tenha de apresentar a sua Moção de Estratégia.

Ao aproximar-se o momento da conclusão da execução da Moção de Estratégia, plasmada no Plano Nacional de Desenvolvimento 2013/2017, o que acontecerá nos finais de 2017, fará sentido, então, apreciar e aprovar uma Moção de Estratégia, para o período de 2017/2022, na base da qual se elaborará o Programa de Governo do MPLA para o período de 2017/2022.

Deste modo, o Partido deverá proceder à adequação do calendário dos seus congressos ordinários, tendo como objectivo aproximar o funcionamento do seu órgão supremo ao período de realização das eleições gerais no país.

Friday, February 7, 2014

ROMA KIZOMBA FESTIVAL – Festa do Semba 13, 14, 15 JUN 2014

ROMA KIZOMBA SEMBA FESTIVAL 2014

ROMA KIZOMBA FESTIVAL - "Festa do Semba"

•-•-• Roma 13,14 & 15 GIUGNO 2014 •-•-•
Mobile: +39.320.5320.188 | +5511.98251.8623
E-mail: kizomba.roma@gmail.com
Page: www.fb.com/RomaKizombaFestival
Event: www.facebook.com/events/695963707095044/
Website: www.romakizombafestival.com/

ROMA KIZOMBA FESTIVAL | The Rome Festival of Kizomba, Semba, Tarraxinha & Kuduro
-> Event on Kizomba Nation Platform
http://www.kizombanation.com/ing/roma-kizomba-festival

DALL'ANGOLA AL MONDO | Così la Kizomba, il Semba, il Kuduro corrono sulle strade dell'Italia. Per dar un senso a questa storia, per rendere queste esperienze ancora più ricche, ancora più significative e più interessante, Kizomba Romana Eventi,Kizomba Afrojoy II & Partners organizzano il primo "ROMA KIZOMBA FESTIVAL", oltre il ballo, la cultura e la tradizione vissute in prima persona.
Dal 13 al 15 giugno 2014, il "Mondo Kizomba" invaderà ogni angolo di Roma. Con spettacoli, dimostrazioni, stages e "Grandes Farras" all'angolana.


★★★ ARTISTI CONFERMATI ★★★
- Hernury Jamba & Liliana Barnó (Angola/Cz - R. Czech)
- Paulo Cruz & Lanna Zamora (AngolaPt)
- Fernando Bumbum & Michela Vernati (Angola/It - Italia)
- Armando Kizomba Paixão (Angola/Fr)
- Davide Venturi & Laura Maino (Italia)
- Felix Faria & Manu Afrojoy (Angola/Br - Italia)
- David Pacavira & Barbara Barros (Angola/it - Italia/Br)
- Emilson Bernardes (Brasil/Cz)
- Carlos Rodriguez & Ilaria Monterosso (R. Domenicana - Italia)
- Jonathan Kizomba & Jade (França)
- (... | Working in Progress)


★★★ DJ SET ★★★
- Dj Massakre Junior (Angola/It)
- Dj Tó Costa D'Angola (Angola/Uk)
- Dj Babacar (Portugal/Uk)
- Djvirus SF (Svizzera)
- Djks Vasco
- Dj Jackye (Cabo Verde/It)
- Dj Job (Angola/Cz)
- Dj Marcy (Cabo Verde/It)
- Dj Guelas (Cabo Verde/USA)


★★★ WORKSHOPS ★★★
- Semba Tradizionale
- Semba Show
- Kizomba
- Kiz Musicalità
- Tarraxinha
- Kuduro & AfroHouse
- Zouk
- Samba
- Samba de Gafiera
- Ndombolo & Coupé-Décalé
- Balli Tribali Africani
- Bachata
- Rumba


|||||||||||||||||||||||||||| ORG |||||||||||||||||||||||||||
Kizomba Romana (KR) - Since 2007
+39.320.5320.188
https://www.facebook.com/kizomba.romana
Afrojoy Kizomba
https://www.facebook.com/afrojoyeventos
+5511.98251.8623

Monday, February 3, 2014

Kizomba Romana – “Dolci Emozioni” since 2007 (Website Ufficiale)

http://www.kizombaromana.com/

Kizomba Romana - Dolci Emozioni

Kizomba Romana | Chi siamo veramente?
"Fare capire alle persone che comprendere una cultura non è accumulare informazioni nè parlare degli altri, ma è parlare con gli altri, è incontrarli, ascoltarli, comprenderli e dialogare con loro."
Cfr: http://www.kizombaromana.com/?page_id=2

Cfr. Kizomba Roma | Zouk & Semba | Kuduro & Afrohouse

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular Posts